layout
layout
photo

Licenciaturas ESTM


Formar licenciados aptos a exercer funções em empresas, organismos e outras entidades ligadas ao setor turístico, desenvolvendo diferentes tipos de competências essenciais ao desempenho dos serviços associados às múltiplas vertentes da animação turística: desportiva, cultural, ambiental, lúdica e de entretenimento.

Conferir competências técnico-científicas que permitam um contributo ativo no desenvolvimento das atividades relacionadas com a Biologia Marinha e a Biotecnologia. Formar técnicos capazes de colaborarem com as empresas e instituições relacionadas com as atividades da pesca, aquacultura e biotecnologia.

Formar profissionais com as competências técnicas e científicas necessárias para a sua integração em empresas de base biotecnológica (agroalimentar, marinha, farmacêutica, biomedicina, ambiental ou afins), assim com para o prosseguimento de estudos avançados (mestrado e doutoramento). Pretende igualmente vir a dotar profissionais com as capacidades necessárias para o desenvolvimento de iniciativas empreendedoras de índole empresarial, assim como reforçar a ligação entre a investigação aplicada e o desenvolvimento de novos produtos.

 

 Dotar profissionais com competências nas áreas da transformação e conservação de produtos alimentares, controlo de qualidade alimentar, investigação e desenvolvimento de novos produtos, consultoria na indústria alimentar, logística, gestão e marketing e biotecnologia. O curso de Licenciatura em Engenharia Alimentar lecionado na ESTM está registado na Associação Nacional dos Engenheiros Técnicos - ANET - podendo os seus diplomados efetuarem a respetiva inscrição nesta associação pública, após a qual poderão usar o titulo profissional de Engenheiro Técnico.

Formar profissionais com conhecimentos e competências adequadas para planear, coordenar e controlar atividades ligadas à organização de eventos, definindo meios humanos materiais e financeiros, em função das exigências dos clientes, de forma a garantir um serviço de qualidade.

Criar competências na área da gestão turística hoteleira, privilegiando uma perspectiva integrada ao nível do desenvolvimento e da implementação de políticas e planos de ação de cada empresa turística e de cada departamento de uma unidade hoteleira.

Dotar profissionais das aptidões necessárias à correcta gestão dos diferentes especialistas e especialidades que intervêm em cada plano ou estratégia de marketing.

Qualificar profissionais capazes de dominar as técnicas de organização, gestão e direção de unidades de produção alimentar, em empresas de restauração hoteleira, social, comercial e coletiva.

Dotar profissionais com as competências técnico cientificas necessárias à integração em equipas responsáveis pelo processamento de alimentos, controlo de qualidade alimentar, desenvolvimento de novos produtos, valorização de recursos marinhos e agrícolas, planeamento e implementação de sistemas de gestão da segurança alimentar, consultoria, logística e gestão de empresas do sector alimentar.

Formar profissionais para o exercício de funções nos diversos sectores turísticos e da administração pública local, regional e nacional do turismo, na área da animação turística, operações e informação turística e consultoria em planeamento e gestão do território, privilegiando uma perspectiva de desenvolvimento regional e das actividades litorais.